Pterígio e Calázio

São cirurgias dos olhos mais simples e com rápida recuperação.

Elas compreendem os procedimentos para exérese (retirada) de pequenos tumores benignos da pálpebra e da conjuntiva, pterígio e calázio.

Indicações

Realizadas somente quando as patologias citadas (pterígio e calázio) não respondem aos tratamentos clínicos.

Procedimento

Em casos de pterígio o procedimento só é realizado quando há ameaça real à visão ou se está já se encontra comprometida. O pterígio que ultrapassa a margem da córnea em 2,5mm deve ser removido por razões médicas. Diferentes técnicas cirúrgicas podem ser utilizadas. No entanto, a técnica que utiliza o transplante conjuntival (exérese de pterígio e reconstrução com transplante de conjuntiva) é a que apresenta as menores taxas de recidiva (novo crescimento do pterígio após sua remoção cirúrgica).

O calázio (inflamação palpebral causada por obstrução sebácea) só pode ser removido cirurgicamente após a diminuição da inflamação inicial.

O procedimento dura aproximadamente 40 minutos.

Orientações

Todo procedimento cirúrgico está sujeito a todas as adversidades como inflamação, infecção e não obtenção do resultado desejado; havendo, em alguns casos, a necessidade de outros procedimentos para reparação.

Exames pré-operatórios são necessários, sendo todos realizados no próprio Hospital.

pequenas-cirurgias-img

Voltar