Catarata

Catarata consiste na opacidade total ou parcial do cristalino, lente natural do globo ocular, que é responsável pela focalização da visão para perto e para longe. É a diminuição progressiva da visão, podendo ser congênita ou adquirida (que é a forma mais frequente da doença).

Olho sem catarata: cristalino transparente, sem caratarata, foca a luz na retina.
Olho com catarata: cristalino opaco. Não permite que a luz atinja a retina nitidamente.

A catarata atinge quase metade (46,2%) da população mundial com mais de 65 anos. Estima-se que no mundo cerca de 160 milhões de pessoas tenham esta doença, considerada a maior causa de cegueira evitável. No Brasil são 2 milhões e surgem cerca de 120 mil novos casos ao ano.

agende uma consultaentre em contato

Sintomas da catarata

Os sintomas mais frequentes da catarata são: diminuição da acuidade visual, sensação de visão “nublada ou enevoada”, sensibilidade maior à luz, alteração da visão de cores e mudança frequente da refração.

Simulação de visão sem catarata.
Simulação de visão com catarata em estágio inicial.
Simulação de visão sem catarata em estágio avançado.

imagem meramente ilustrativa

Conheça nosso simulador de visão e veja como fica a visão quando afetado por algumas doenças.

Causas

As causas mais comuns são:

Catarata Senil

Tipo de catarata mais comum, ocorre em geral com o processo de envelhecimento, surgindo mais frequentemente após os 55 anos de idade.

Catarata Congênita

Ocorre por doenças da mãe durante a gravidez, que atingem o feto. Com frequência é acompanhada de outras alterações.

Catarata Traumática

Ocorre após acidentes que danificam os olhos. Geralmente é unilateral.

Catarata Diabética

Geralmente, tem início precoce e provoca perda visual mais rápida do que a catarata senil.

Catarata Decorrente de medicamentos

Principalmente os corticóides, quando usados por longos períodos.

Catarata tem cura?

Sim! Felizmente, catarata tem cura.

Tratamento da catarata

O tratamento curativo da catarata é o cirúrgico e consiste em substituir o cristalino opaco por prótese denominada de lente intra-ocular (LIO).

Toda vez que a qualidade de vida do portador de catarata esteja comprometida, ou seja, que existam limitações nas atividades que realiza habitualmente, a cirurgia está indicada. A evolução da catarata geralmente é bilateral com certa assimetria, daí a importância da realização da cirurgia do segundo olho para recuperação integral do sistema visual.

Conheça a lente intra-ocular

Cirurgia

Resumidamente, a cirurgia de catarata é realizada sob anestesia local (absolutamente indolor) sem a necessidade de internação hospitalar. Para a recuperação visual do portador de catarata, se faz necessária a retirada do cristalino opaco e o implante de uma lente intra-ocular. A qualidade de visão com a lente intra-ocular é muito superior àquela com óculos ou lentes de contato. Por isto, o implante da lente intra-ocular é feito de rotina atualmente.

Saiba mais sobre a cirurgia de catarata!

Importante:

Todas as informações contidas nesse site tem carácter informativo e educacional. Nenhuma providência deverá ser tomada sem consultar o seu oftalmologista, pois somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.