Retinopatia Serosa Central

A retinopatia serosa central afeta a mácula (lente do olho) e repentinamente causa um incomodo visual. Em geral, ela afeta homens com idade de 20 a 40 anos e aparece devido ao enfraquecimento de uma membrana abaixo da retina, fazendo com que o líquido dos vasos sanguíneos escapem e formem bolhas. Tais bolhas são responsáveis por elevar a camada superficial da retina e provocar o deslocamento do foco da região central, local em que está localizada a mácula.

O diagnóstico desta doença é feito através de um exame de fundo de olho e confirmado por uma angiofluoresceinografia

Sintomas

Os sintomas mais comuns são visão distorcida, perca total ou parcial da visão central e aumento de hipermetropia.

Evolução da Doença

Estágio Inicial Estágio Intermediario Estágio Avançado

Causas da retinopatia serosa central

Apesar de ter causas pouco conhecidas, a retinopatia serosa central tem forte relação com estresse e ansiedade.

Retinopatia serosa central tem cura?

Na maioria dos casos, a cura é espontânea e os sintomas desaparecem entre um ou dois meses. Caso o líquido não seja reabsorvido naturalmente o tratamento com laser resolverá o problema.

agende uma consultaentre em contato

Tratamento

Uma das formas de tratamento é com antiinflamatórios que auxiliam na reabsorção do líquido. Caso o tratamento com a medicação não for eficaz para o caso, o paciente deverá submeter-se ao tratamento com laser, cessando completamente o ponto de vazamento.

Cirurgia

Não existe a necessidade de uma intervenção cirúrgica para esta doença.

Importante:

Todas as informações contidas nesse site tem carácter informativo e educacional. Nenhuma providência deverá ser tomada sem consultar o seu oftalmologista, pois somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do Conselho Federal de Medicina.